Ação de Graças pelo Sacramento do Corpo e Sangue de nosso Senhor Jesus Cristo

corpuschristi-christian

A Comissão Nacional de Liturgia recebeu um comentário demandando clarificações sobre a inclusão de uma comemoração (festividade opcional) denominada “Ação de Graças pelo Sacramento do Corpo e Sangue de nosso Senhor Jesus Cristo”, popularmente conhecida como Corpus Christi.

A inclusão desta opção no nosso calendário segue orientação exarada pelo International Anglican Eucharistic Consultation IALC – V (Dublin, 1995), o qual sugeriu a ênfase na quinta-feira após o Domingo da Santíssima Trindade como oportunidade para dar ação de graças pela instituição da Santa Eucaristia num contexto festivo, reservando à Quinta-Feira Santa a reflexão mais solene e dramática relacionada à Última Ceia de Jesus.

Segundo Bradshaw, Paul. New SCM Dictionary of Liturgy and Worship:
“[Corpus Christi] has been restored as a ‘Thanksgiving for Holy Communion’ in most recent Anglican Calendars (England, 1980, Scotland, 1982, Wales, 1984, South Africa, 1989, New Zealand, 1989, Australia, 1995).”

Além dessas províncias supracitadas (Inglaterra, Escócia, Gales, Sul da África, Nova Zelândia e Austrália), essa comemoração também foi incluída nos calendários das seguintes províncias: Tanzânia, Hong Kong, Melanésia, Jerusalém e Oriente Médio e Oeste da África. Na Igreja Episcopal, tal festa é celebrada com os próprios “da Santa Eucaristia”, constantes do LOC de 1979. Na Província IX (dioceses latinas), tal comemoração tem um nível maior de popularidade.

A proposta do nosso novo Livro de Oração Comum tem sido permitir uma maior diversidade de liturgias, que respondam ao contexto litúrgico da variedade brasileira, mas que também nos alinhem às recomendações interanglicanas. A questão de inclusão desta comemoração foi discutida pela comissão e chegamos ao consenso de incluí-la de forma opcional (comemorações não são obrigatórias), para as comunidades que queiram ter uma oportunidade extra de comemorar a Santa Eucaristia com muita alegria, dada a intensidade de eventos que rememoramos na Quinta-Feira Santa, a qual termina de forma soturna.

Reiteramos o princípio do “Lex Orandi, Lex Credendi” em que a mera inclusão dessa opção no LOC não significa inferir quaisquer princípios teológicos além do que já entendemos. Cristo se faz presente no Santíssimo Sacramento de seu Corpo e Sangue. A tradição anglicana, contudo, não busca explicar como isso ocorre. Essa é a sã doutrina que repassamos geração após geração. A coleta e orações para esta comemoração já estão presentes no LOC de 1987, e são similares às encontradas no próprio “da Santa Eucaristia”. Segundo o “Dictionary of the Episcopal Church”, a coleta de tal próprio, que veio traduzida verbatim do LOC americano, é uma adaptação revisada da coleta composta por São Tomás de Aquino para a festa de Corpus Christi, removendo quaisquer referências teológicas que não caibam na diversidade de pensamento característica do Anglicanismo.

Em Jesus Cristo, verdadeiramente presente no Sacramento do Altar,

Comissão Nacional de Liturgia.